Na casa da Vovó pode tudo!

O que fazer quando a avó alimenta o seu filho de forma incorreta?
Quando falar – e quando deixar passar.



Aas histórias que ouvi dos pais sobre alimentação infantil na casa da vovó: Sorvete para o almoço! Copo de suco de frutas industrializados! Um armário de batatas fritas e doces para comer quando quiser!

Quando você está trabalhando duro para planejar refeições equilibradas, limitar doces, e ficar longe de bebidas açucaradas e, em seguida, tudo é jogado no ventilador quando seus filhos andam pela casa da vovó, pode ser muito desanimador.

No papel, sabemos que os avós significam o bem. Na prática, todas essas ajudas extras de sobremesa e comprinhas de balas quando saem da escola,  podem criar conflitos familiares muito reais quando os estilos de alimentação não se alinham.

Então, o que você faz: Expressar sua infelicidade e arriscar a falar com seus pais ou sogros – ou não dizer nada e deixar para lá?

Tal como acontece com todos os pais, você tem que fazer o que parecer melhor para sua família e lidar com isso da maneira que funcione para você. Mas se você precisar de conselhos, aqui estão dois: Às vezes é necessário falar. E às vezes não há problema em deixar passar.

Por exemplo, se você comunicar qualquer alergia alimentar, se você acha que seu filho ficar todo vermelhor depois de comer corantes alimentares ou chega da casa da vovó com uma dor de barriga depois de terem comido fast food, você deve dizer isso. Outra razão para falar: quando as avós ficam com seus filhos o dia todo enquanto você trabalha. Se o seu filho é cuidado em parte pelos seus pais ou sogros, ele está comendo muitas refeições e lanches fora do horário – e isso pode influenciar não apenas a ingestão de alimentos e nutrientes, mas também os hábitos do dia-a-dia.

Então converse com toda calma com sua sogra ou mãe. Não há motivo para que elas se sinta uma pessoa ruim por servir refrigerante ou acusar seus pais de não se preocuparem com a saúde de seu filho. Mantenha a conversa o mais simples possível (“Emma teve uma cavidade na sua última visita ao dentista, então estamos tentando evitar o refrigerante” ou “Jacob tem tido alguns problemas com a constipação, então estamos garantindo que ele coma legumes com o almoço) e fruta na hora do lanche “). Considere providenciar alguma comida ou fazer um almoço para o seu filho (sob o pretexto de poupar tempo e aborrecimento ). Sempre tenha certeza que vovó sabe o quanto você aprecia seu tempo com seus filhos e o amor que ela demonstra. E esteja aberto ao compromisso: Se levar o seu filho para tomar um sorvete uma vez por mês é realmente importante para os seus pais, encontre uma maneira de fazê-lo funcionar cortando as guloseimas em outros momentos. Tente mostrar para elas a importância de fazer essa troca.

Mas na minha opinião, há também algumas razões para simplesmente deixar passar. Pense comigo, Uma colherada extra de chantilly uma vez ou doce no cinema de vez em quando vai prejudicar o seu filho? Não. Quando se trata das férias, eu estou bem com meus filhos comendo de forma diferente quando visitamos parentes. Isso nas férias e não todos os dias. Acho que ir à casa da vovó é uma chance de experimentar novos alimentos e diferentes maneiras de comer , claro que, tudo dentro de limites – e essas férias também são um tempo para relaxar as regras. Além disso, acredito que também é bom associar coisas especiais – muita atenção, abraços extras e sim, até alimentos especiais – com as avós. Deixar as coisas correrem um pouco será mais fácil se você deixar os alimentos  preparados quando levarem seus filhos nos dias que antecedem a visita à casa da vovó.

Ebook Grátis: Saiba os cuidados na Gravidez que quase ninguém comenta

Taciana Pessoa

Olá ,Bem Vindos! Meu nome é Taciana Pessoa, sou mãe e empreendedora. Criadora do blog SÓ MAMÃE FAZ . Vou dividir com vocês a experiência de ser uma mãe empreendedora, que trabalha em casa,faz exercícios, cuida da filha, da casa, faz comidinhas saudáveis,adora a família, faz lembrancinhas e organiza festinhas…afinal;

Website:

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *